O Concurso Miss Brasil Internacional será realizado em novembro de 2021

A organização do concurso Miss & Mister Brasil Internacional, anuncia oficialmente a nova data de realização do evento nacional, a edição do evento 2021, será realizada de 24 a 28 de Novembro 2021.


"No inicio nossa edição 2014 era realizada em maio do ano do titulo, e percebemos que o tempo de preparação se tornou curto para o internacional, com o passar dos anos, passamos a realizar evento em novembro do ano anterior ao titulo, veio a pandemia e alterou mais uma vez nosso calendário, nossa preocupação sempre foi com o tempo de preparação da candidata que antecede a viagem internacional, com a nova realidade do mercado internacional, a nossa agenda foi reajustada e ainda consideramos dentro do prazo, elegendo a candidata de 2021 no mesmo ano e sua viagem com segurança e tranquilidade." Diz Diretor Nacional, Flavio de Holanda


De fato, estamos diante de uma nova realidade, mas estamos dentro do cronograma internacional. nossa organização respeita as nossas diretrizes internacionais e concretiza as ações de acordo com a franqueadora internacional. E por meio a nova mundial, os eventos foram redesignados a novas datas, respeitando a hierarquia internacional, as condições de deslocamento entre um pais e outro.

As candidatas estaduais, tanto na etapa juvenil do evento, Miss Teen Brasil Internacional quanto no Adulto Miss Brasil Internacional e Mister Brasil Internacional, serão recebidos em 24 de novembro de 2021, no Aeroporto de Vitoria ES, até às 12h, todos serão deslocadas para resort exclusivo para realização do evento, fechado para imprensa, equipe de transmissão on line, coordenadores e jurados. A então eleita Miss Brasil Internacional 2021, terá sua viagem conseguinte o embarque da atual Miss Brasil, por uma questão ética, devemos eleger a próxima candidata quando a atual cumprir seu reinado e compromissos internacionais.


A previsão do concurso internacional para atual Miss Brasil, Bruna Rezende, é junho de 2021, nossa organização concluiu que será prudente realizar o evento em novembro, para ter folego e tempo no acompanhamento a fase internacional da atual Miss Brasil Internacional 2020, Bruna Rezende.


Nós estamos preparando um evento dentro das normas da OMS, e há especulação que seja o primeiro reality show com Misses do Brasil, segundo a organização poderemos ter surpresas e um novo formato, "não é porque estamos em pandemia que não poderemos nos inovar e apresentar algo diferente ao público," relata a organização.


Na conclusão do time de finalistas ao evento, nenhuma candidata eleita será substituída por respeito e credibilidade do evento junto aos estados nossas representantes, as candidatas que se ausentarem do evento, deixarão vossos estados sem representatividade. Uma vez divulgada, a candidata recebe o titulo em comum acordo com a organização e nesse momento começa seu reinado, o evento presencial é a fase final do mesmo, portanto o título é intransferível.


"A única dica que podemos deixar a todas, é que a vida continua e pra quem ficou a vida continua pós pandemia, então vamos cuidar das medidas, preparar a beleza porque vamos ter um grande show, e será uma fatalidade se você se anular antes da grande final, sabemos dos altos e baixos e da pressão psicológica que estamos vivendo, mas tudo isso vai passar e você é protagonista da sua história." Diz Flavio de Holanda


Declaramos que em nota, proposto está sendo cumprido conforme as especificações do Código de Defesa do Consumidor - art. 30 e do Código Civil - art. 427.


A mídia parceira oficial do evento é a Revista Visual Fashion, www.revistavisualfashion.com



Informações com base no nosso corpo jurídico.


Diante dos quadros de instabilidade e da força maior que se instaurou não só no País, mas também em âmbito mundial, as relações privadas passaram a ter uma outra visão do ponto de vista jurídico, o que culminou numa série de alterações do ponto de vista jurídico em nosso País.


Com a flexibilização das relações impostas pela Pandemia mundial do vírus e ainda, com as alterações nessas relações trazidas pela Lei 14.010 de 10 de junho de 2020, os tratados de relações privadas foram alterados, no entanto, a Lei supramencionada foi revogada.


Entretanto, o ordenamento jurídico, possui mecanismos de resguardar os interesses de seus federados, como é o caso por exemplo da vinculação da proposta ofertada, nos moldes do art. 427 do Código Civil, que dispõe que uma vez vinculada a proposta e esta foi atendida pelo interessado, estaria a avença assim confirmada e os envolvidos naquela relação estariam concordes com aquilo que foi proposto, ou seja, o que foi estipulado ali foi aceito pelos contratantes, a disposição legal acima mencionada também encontra amparo no Código de Defesa do Consumidor, conforme a redação dada pelo art. 30 da Lei consumerista.


Além disso, é vedado pelo ordenamento jurídico pátrio a alegação de desconhecimento de Lei, conforme preceitua também o art. 3º da Lei de Introdução às Normas do Direito Brasileiro – LINDB.



Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Nenhum tag.